Olhe para sua Criança Interior e Diminua crises na vida adulta. 2


Todos os dias na pratica clinica observo muitos adultos trazendo demandas de crises emocionais. Desde ansiedades e angústias até crises psicóticas. Para entender o significado dessa demanda emocional é preciso fazer uma análise das causas no passado de cada um.

Qual a importância de um olhar aprofundado e carinhoso para a infância? Na pratica analítica, muitos pacientes perguntam: – o que vai adiantar falar do passado? Eu sempre explico que a questão não é falar sobre o passado, mas trabalhar o passado terapeuticamente à nível de subconsciente. Em psicoterapia, é fundamental voltar ao passado a fim de sacudir o inconsciente e ativar um processo curativo.

Por trás de depressões, fobias, baixa auto estima, problemas financeiros, dificuldades conjugais e outras queixas que levam as pessoas buscarem ajuda terapêutica existe uma história de vida: passado – presente – futuro.

cr4Essa história de vida mostra o desenvolvimento da personalidade (passado) através das experiências afetivas vivenciadas na família. Como o inconsciente já atua desde o tempo da gestação, são milhares de vivências emocionais armazenadas na mente, tanto positivas quanto negativas. E que são as raízes das futuras percepções sobre seu valor pessoal, afeto, amor, relações. Ou seja, a base para formação da personalidade.

Cada história é única. Por isso os traumas que levam pessoas a sofrerem de depressão não têm as mesmas origens. Isso acontece porque cada pessoa interpreta de uma forma as situações, conforme a realidade que vive e as experiências de conforto ou sofrimento emocional.

traumas_infânciaÀ nível de traumas, esses costumam ocorrer nas relações familiares e afetos  frios, distantes, ausentes, abusivos. Casamentos insatisfatórios já geram por natureza uma falta de harmonia no lar. Os filhos, inconscientemente, recebem e introjetam essa energia negativa e afetividade deficiente dando inicio aos traumas afetivos.

O tempo passa, as crianças que sobrevivem nesses ambientes vão se desenvolvendo carregando as sombras traumáticas em seus porões emocionais. Como o trauma guarda muita energia reprimida, vai acontecer uma queda de potencial ao longo do desenvolvimento. Um dos primeiros sinais da necessidade de buscar um terapeuta – quando a criança ou adolescente não sabe aproveitar seus potenciais.

Por exemplo: comportamentos de timidez, consumo de álcool abusivo, notas baixas ou medianas na escola, sexualidade precoce, insegurança, transtornos alimentares, baixa auto estima, dificuldade de relacionamentos, insegurança, indecisão.

Esses “nós emocionais” tem como consequência bloquear o poder pessoal e podem resultar em escolhas inadequadas, logo, frustração e sofrimento.

ajuda_terapeutica

No tratamento psicoterápico, Freud usava a expressão que a psicanálise é curar as feridas mais profundas de amor. Nossas primeiras relações de amor são familiares. Ou seja, nesse sentido traumático, a psicanalise abraça a história de vida, as experiencias memorizadas e aprendidas. Quando mais se nega, maior fica o conflito. Apenas a partir do reconhecimento e acolhimento as feridas podem ser curadas. Quando mudamos a estrutura inconsciente, nossas experiências mudam. E se tem alta na psicoterapia.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 pensamentos em “Olhe para sua Criança Interior e Diminua crises na vida adulta.

  • Marta

    Boa noite!
    Muito bom este site.
    Parabéns para este artigo e outros que li sobre terapia de casal.
    Abraço

  • Lisiane Hadlich Machado Autor do post

    Obrigada Marta! Desejo que possa ter colaborado para seu crescimento pessoal e familiar. Carinho.