Como superar a depressão após covid?


O covid levou muitas pessoas a viverem situações atípicas em suas vidas. Começando pelo isolamento social, o medo de contaminar-se ou contaminar pessoas próximas, angustia nas mudanças de trabalho.

Esse novo cenário de isolamento fez com que muitas pessoas, talvez você que esta lendo, entrassem em contato com suas emoções mais profundas, tivessem um tempo para refletir sobre sua vida e relacionamentos. O resultado foi angustia, tristeza, medo da morte, remoer assuntos mal resolvidos, quadros mentais de ansiedade e depressão, conflitos conjugais e familiares.

Remoer Pensamentos – Refletir sobre o passado

Você começou a se questionar o que esta fazendo da sua vida? Como estão seus relacionamentos? Por que algum relacionamento não deu certo? Sente-se sozinho(a)? Você sente sentimentos que não encontra causa na sua vida hoje? Tem medo de morrer e ter sido um mau pai/mãe ruim?

A pandemia incentivou as reflexões individuais. Ouvir-se. Ao mesmo tempo que gerou ansiedade e depressão também fez homens, mulheres, casais e jovens  buscarem a terapia para entender-se melhor. A psicoterapia online aumentou muito devido o isolamento e mostrou-se um suporte eficiente e essencial.

Refletir sobre o passado de uma maneira profunda traz a oportunidade de fazer ajustes no presente. A depressão representa um alarme interno que soa infinito para questões que estão guardadas há muito tempo. Por exemplo: as feridas de uma infância dolorosa, machucados afetivos, magoas, sentimento de inferioridade, insatisfação familiar, vontade de dar-se melhor com familiares.

Na rotina do dia a dia as pessoas costumam não parar para sentir e ir seguindo a vida. O isolamento obrigou a sentir e pensar. Isso desencadeou sofrimento, luto e também renovações mentais e emocionais.

Ouvir a Intuição para sair do sofrimento.

Você levava um casamento por comodismo e viu-se forcado a conviver na pandemia? Você não costuma falar sobre seus sentimentos e viu-se sobrecarregado na convivência familiar durante a pandemia? Você percebeu que sua família não o valoriza ou não o incentiva?

Muitas pessoas vivem no piloto automático da sobrevivência. Ate porque vieram de famílias com baixa auto estima e que viviam padrões emocionais de infelicidade. Quando você parou de cuidar de você? Quando você desistiu de viver com proposito e sentido? Quando você desligou-se do seu emocional, porque achou muito difícil?

Quantas vezes quase morremos em vida? Muitas pessoas tem histórias de sobrevida para contar. Acidentes graves, infartos, câncer, experiências de violência, abusos, entre outras situações. Esses momentos podem despertar a vontade de ser feliz que existe em nos. Abrir o coração para encontrar a felicidade novamente. Construir uma vida que faca sentido.

é muito importante dar-se conta desses padrões inconscientes e examinar as crenças que existem por trás de seus sentimentos e atitudes. A auto sabotagem é repetir padrões da família ou infância achando serem verdades absolutas.

Mudanças de Paradigmas

Dificilmente alguém que passa por isso continuara a mesma pessoa. Diante desse mar de emoções é  necessário buscar ajuda especializada. Entre os sintomas psicológicos pós covid destacam-se: raciocínio lento, acordar de madrugada com a sensação de estar se afogando, trocar palavras, mudanças de humor, medo de morrer, perder o interesse por atividades que desenvolvia antes.

Passar por essa experiência deixa a pessoa mais sensível e vulnerável. Pode gerar um estado silencioso e introspecção o que é fortemente percebido pelas pessoas próximas. Isso acontece porque a morte coloca a vida em perspectiva.

Essa vivencia de sentir a morte nos leva a uma serie de questionamentos, de fé, sobre a gestão da nossa vida, relacionamentos, lembranças dos parentes que já se foram. E é importante fazer ajustes nas necessidades percebidas, viver o que se deu conta que é fundamental.

Pessoas que tem facilidade com seus sentimentos e aceitam de mente e coração aberto as mudanças da vida sabem lidar com dor no sentido do aprendizado. Muitos relatos que ouvi de pacientes em tratamento psicológico pós covid incluem valorizar mais as pessoas, aumentar o amor e demonstrações de afeto na família, ser grato pela vida e seguir em frente da melhor forma com os novos aprendizados.

A psicoterapia busca aliviar a forma de encarar as situações traumáticas, processar as reflexões ou angustias no período do isolamento, permitindo equilibrar o emocional e prevenir novas crises.

O maior desafio é para as pessoas que tem dificuldade em lidar com seus sentimentos e olhar para a vida. Aceitar as verdades interiores, admitir sentimentos mais profundos e buscar novos sentidos para a vida. Nada é por acaso. A vida sempre tenta chamar a atenção, despertar para a evolução interior e as doenças tem um papel fundamental nisso. Chacoalhar o individuo por dentro e leva-lo a fazer analise ou envelhecer com arrependimentos, angustias.

Quando a pessoa tem sua missão de alma despertada, seja por insights, isolamento social ou uma doença grave inicia a busca por respostas, auto conhecimento, essência de ser quem é e fazer o melhor pelo próximo.

Apesar de todas as dificuldades podemos olhar esse processo com auto amorosidade e carinho. O corpo e mente sutis são capazes de escutar, sentir e transformar. Permita-se buscar ajuda nesse processo.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *