Como esta sua inteligência emocional? 1


A medida que amadurecemos e desenvolvemos valores e critérios próprios a questão da inteligência emocional ganha uma importância muito grande para nosso bem estar interior.

Inteligência Emocional é seguir o caminho do meio (equilíbrio entre ração e emoção). Ou seja integrar seus ideais, critérios e crenças de forma congruente com seu emocional. Isso faz com que você tenha paz ou não.

Se você não tem equilíbrio nas suas emoções, sua racionalidade decai, se perde. E o que acontece? Você perde sua razão através de falar demais, ou falar o que não devia, come demais, reage com impaciência, gasta mais do que ganha. A falta da inteligência emocional manifesta-se nesses excessos ou na ausência de atitudes apropriadas.

O excesso de racionalidade é negativo e a falta da razão aliada ao autoconhecimento emocional paralisa. Se você tiver muita carência, muito medo do abandono, medo de rejeição ou de errar, você se isola ou desenvolve ansiedade e acaba perdendo oportunidades, não vive a vida em todo seu potencial.

Cara a cara com suas Emoções

As pessoas que utilizam bem suas emoções tem mais energia para as atividades da vida, tendo um bom nível de energia concentrada e por isso, são capazes de superar melhor os obstáculos da vida. Isso é inteligência emocional.

Os sentimentos vão se somando ao longo das experiências. Podem aparecer na forma de sentimentos primitivos (raiva, orgulho, ressentimento, inveja, etc) ou na forma mais sublime através do amor, bondade, perdão, humildade.

Toda confusão emocional ou sentimento reprimido acabam gerando os conflitos e rupturas nas relações com os outros. A evolução e desenvolvimento humano ocorre quando percebemos que existem caminhos melhores.

Em geral quando não se consegue viver uma situação de frente, nos sentimos inadequados e perdemos nosso eixo de equilíbrio interno. Um sinal de estar vulnerável emocionalmente é o habito de reclamar, irritabilidade, posturas agressivas ou a pessoa vista como “braba”.

Por exemplo, é muito comum pessoas terem dificuldade de sentir e processar sentimento de raiva. Este sentimento também esta diretamente ligado a vida amorosa, sexualidade. Precisa-se investigar a fundo a historia de vida e sua historia emocional para desenrolar esses pontos.

Como Esta sua inteligência Emocional?

* Você prioriza metas pensando em médio e longo prazo?
* Você foca sua energia no que é importante para seu bem estar?
* Qual sua disposição em superar desafios? Como você se sente diante deles?
* Você julga muito os outros ou os aceita naturalmente como são?
* Você percebe e se permite viver detalhes na sua vida cotidiana?
* Você é uma pessoa confiável? honesta? cumpre o que promete?
* Você faz as coisas que diz admirar?

Quando atraímos nossos princípios

Quando você se comporta de forma conflitante com seus sentimentos, perde o respeito por si mesmo e respeita-se menos. E se isso tornar-se um habito acabara confiando menos em mesmo ou ate deixara de se gostar completamente. Quando cancelada a inteligência emocional, a auto estima sofre e os resultados serão naturalmente ruins.
Desenvolver a inteligência emocional exige que nossos esforços para tomar decisões sejam autênticos. Ou seja, estar consciente conectado as suas necessidades emocionais, propósitos de vida para recorrer a clareza emocional. Dai você fica em paz com as consequências e não precisa se refugiar em nevoas mentais (defesas, frustração, surtos, brigas com o destino).
Para entender como a falta da inteligência emocional é prejudicial considere seus resultados e o que você já atraiu para você. Trair suas convicções, o que você pensa é a natureza da hipocrisia. Essa já invalida a si mesmo e cria um mundo irreal. Fraudes amorosas, fantasias, ilusões, relacionamentos abusivos são todas frutos desse processo.
Entendeu a importância de desenvolver e cuidar da inteligência emocional? Reflita sobre seus valores e questione-se o quanto você faz o que te satisfaz. Caso você precise de ajuda para aumentar ou construir sua consistência emocional, a psicoterapia junguiana pode ajudar a restaurar seu senso interior que é tão importante para nos guiar e gerar impactos benéficos em nossa vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Um pensamento em “Como esta sua inteligência emocional?

  • iracema mariano cordeiro

    amei os temas linguagem facil com clareza . muito bom.