Auto Sabotagem 5


Como esse é um espaço para refletir, hoje estava pensando sobre auto sabotagem. Essa síndrome leva muitas pessoas a buscarem psicoterapia e outras que sofrem sem saberem que existe ajuda psicoterápica eficaz para mudar este quadro e melhorar a auto estima e amor próprio.

Este tema é muito importante de ser discutido devido as pessoas que ignoram esse mecanismo e sofrem por não alcançar os resultados e conquistas de vida almejados.

Exemplo bastante comum, são os casos de pessoas que perdem relacionamentos, casamentos por incapacidade de demonstrarem seu afeto e qualidades, não valorizando a pessoa amada e  “sabotarem” seus relacionamentos.

Esse exemplo também vale para muitas oportunidades: profissão, amigos, família, dinheiro, sexualidade. As pessoas que sofrem do mecanismo da auto sabotagem não conseguem aproveitar toda a plenitude da vida e das relações. E o pior, na maioria das vezes, sem tratamento psicológico adequado, acabam se afastando do que tinham de melhor e perdendo suas fontes de alegria.

fases

Quantas pessoas legais que você conhece se sabotam? Você mesmo, que lê esse artigo, reflita se consegue ser seu aliado em cada uma das suas decisões. Você é amigo de si mesmo? Ou tem alguma auto sabotagem em andamento? Fruto de uma educação e cultura focada nas criticas, rigidez, pouco dialogo, falta de elogios, muitas pessoas sofrem de auto sabotagem. Aliás, não é difícil ouvir entre membros de uma mesma família o desanimo para mudanças de comportamento e de vida. “é assim mesmo, impossível mudar, somos assim”. Por trás dessas frases é possível começar a entender até o desestimulo em buscar ajuda e romper padrões familiares patológicos.

O que é auto sabotagem?

É um mecanismo inconsciente formado a partir das crenças do nosso ambiente, dos nossos pais, de tudo que internalizamos como verdades na infância, teremos a tendência em repetir e recriar. Por exemplo, se você foi uma criança que não se sentia amada por seus pais poderá ter muita dificuldade em construir um vinculo afetivo duradouro com um parceiro(a).

Como saber se sua vida esta sendo prejudicada pela auto sabotagem:

* Se você deixa de fazer o que quer por medo.
* Se você depende emocionalmente de outras pessoas ou relacionamentos.
* Sentimento de solidão, preferencia por continuar numa relação insatisfatória para não ficar sozinho(a).
* Não saber dizer não.
* Atitudes e Comportamentos destrutivos: como fumar, consumir álcool, usar drogas, mentir, falsidade, desonestidade, inveja, ciume, descontrole emocional, entre outros.

images (13)

A todo momento precisamos nos analisar. Descobrir em nós o que nos faz bem e o que nos faz mal. E precisamos desconstruir aquilo que nos faz mal. Enquanto se repete um padrão inconsciente, a pessoa perde um precioso tempo de vida, que não volta mais. Sempre podemos nos melhorar, a terapia comprova isso. Tudo o que enxergamos em nós pode ser transformado.

Quanto mais consciente das suas sabotagens, mais força você pode ter para mudar. É importante que você saiba que a auto sabotagem pode ser curada. Especialmente quando você esta disposto a lidar com ela.

Fazer terapia é um processo de repensar as sementes familiares e construir escolhas a partir do que você deseja, do fundo do coração. Conectar-se com sua essência, sua verdadeira conselheira para viver em paz e harmonia, cuidar das feridas emocionais gravadas no seu inconsciente. Ter consciência dos processos inconscientes é um dos primeiros caminhos para romper com a auto sabotagem e assumir a direção por uma vida mais harmoniosa, consigo e com as outras pessoas. Fazer terapia é um caminho para descobrir-se, entender-se e romper com padrões sabotadores, desamor, infelicidade. Permita-se viver todo o seu potencial.

10898192_906985839335516_7730246885851104748_n


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 pensamentos em “Auto Sabotagem

  • Gabriel

    O pior são os pensamentos auto sabotadores… sofro com eles. Adorei teu texto, me esclareceu e me ajudou. Peço que escreva mais sobre o assunto, obrigada.

  • Neide

    Descobri que preciso de tratamento, ainda dá tempo de sentir alegria. Me esclareceu muitas coisas, este texto!!!!

  • Psicóloga, Psicanalista Lisiane Hadlich Machado Autor do post

    Olá Neide! Fico feliz que tenha contribuído para sua evolução pessoal. Abraço

  • Marco Aurélio

    Lisiane
    Primeiro se busca um psiquiatra ou você acredita melhor um psicólogo ?
    Tenho lido muito e não tenho dúvida da autosabogem que faço comigo a muitos anos , só que agora está me encomendando muito e atrapalhando de mais. Obrigado

  • Lisiane Hadlich Machado Autor do post

    Bom dia Marco Aurélio, tanto a psicologia quanto a psiquiatria são maravilhosas para melhorar qualidade de vida. Entretanto, são profissionais diferentes, serviços diferentes, que devem se complementar. Vou te explicar. Como psicóloga vou te ajudar a lidar com seus pensamentos, sentimentos e história de vida. fazer uma boa avaliação psicológica para um diagnóstico preciso e assim vou conduzir uma terapia que te ajude a sentir-se melhor e atingir seus objetivos terapêuticos, dentro do possível. Se os seus sintomas físicos estiverem te atrapalhando de levar uma vida normal (desmaios, tremedeiras, surtos, noites sem dormir, pensamentos suicidas, entre outros), vou sugerir um psiquiatra, da minha confiança, para acompanhamento paralelo à terapia, afim de evitar desgaste e exposição social. O psiquiatra é um médico especialista em medicamentos que vão atuar no sistema nervoso e no cérebro, não vai conduzir seu processo terapêutico (emocional). Para decidir com qual você começa depende da intensidade dos seus sintomas fisicos, normalmente auto sabotagem pode ser tratada com psicologia analitica, ou analise junguiana.